Cirurgias Plásticas

Rinoplastia

Corrige alterações de forma e tamanho, proporcionando uma melhor definição de ponta e dorso nasal, harmonizando o nariz com o restante da face, melhorando a aparência e a autoestima. Também pode tratar função nasal, corrigindo desvios de septo e a pirâmide estrutural do nariz, responsável pela adequada entrada do ar nas vias aéreas. A rinoplastia pode ser realizada de forma aberta (exorinoplastia) ou fechada (endorinoplastia). Ambas são apenas vias de acesso para o resultado almejado e apresentam cicatriz final praticamente imperceptível. A escolha do acesso depende da indicação clínica de cada caso.

Procedimento cirúrgico

A anestesia pode ser local com sedação ou geral. O tempo cirúrgico é de 1 a 2 horas, sendo que em algumas circunstâncias este tempo pode ser ultrapassado. A via de acesso pode ser fechada - quando a incisão é realizada por dentro do nariz - ou aberta - quando é realizada uma pequena incisão em “V” na columela, entre as duas entradas das narinas, permitindo uma melhor visualização das cartilagens nasais.

A escolha da via de acesso depende da indicação clínica de cada caso. São corrigidas as deficiências funcionais, como desvios de septo e então é realizado o tratamento estético voltado à necessidade de cada paciente, podendo consistir de remodelação da ponta nasal, ressecção da corcova ou giba nasal, estreitamento lateral, correção de desvios e de ângulos inestéticos entre o nariz e o lábio superior. Algumas vezes há necessidade de fratura dos ossos nasais. O curativo é realizado com gesso ou outro material imobilizante, o qual é mantido por 7 dias. Em alguns casos, é necessária a utilização de um tamponamento nasal, mantido por 24 a 48h.

Agende sua avaliação!