Blog

Tipos de cirurgia mamária

Atualmente, há diversos tipos de cirurgia plástica para mamas capazes de atender às mais variadas expectativas das pacientes. Dentre as alternativas é possível optar por aumentar (mamoplastia de aumento), diminuir (mamoplastia redutora), levantar (mastopexia) ou, ainda, reconstruir os seios.

A indicação de cada um dos tipos existentes depende especialmente do biotipo do paciente e da quantidade de gordura excedente, afinal, espera-se reestabelecer a autoestima e manter o equilíbrio do corpo.

Nesse sentido, a recomendação é agendar uma consulta com um médico cirurgião plástico, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica para solicitar uma avaliação detalhada.

Confira a seguir, mais detalhes sobre os tipos de cirurgia mamária:

- Mamoplastia de aumento


A cirurgia plástica para aumentar os seios, também chamada de mamoplastia de aumento, é realizada com próteses mamárias de silicone. É indicada quando a paciente deseja aumentar o tamanho da mama. Este procedimento pode ser adotado inclusive após o período de amamentação, em que muitas mulheres perdem um pouco do volume de mama.


Saiba mais sobre a cirurgia da mamoplastia de aumento. 

- Mamoplastia redutora


A cirurgia de redução mamária ou mamoplastia redutora é realizada para diminuir o tamanho e o volume das mamas. É feita quando há queixas de desproporcionalidade em relação ao corpo ou quando o peso dos seios gera dores nas costas e no pescoço e/ou tronco curvado que, inevitavelmente, ocasionam complicações na coluna da paciente.


Apesar de a maior parte dos procedimentos cirúrgicos mamários serem buscados por mulheres, o recurso também pode ser realizado em homens, principalmente em quadros de ginecomastia, ou seja, desenvolvimento excessivo do tecido mamário no homem. Nesta cirurgia, o excesso de gordura e pele é retirado.


Saiba mais sobre a cirurgia da mamoplastia redutora. 


- Mastopexia ou lifting da mama


A mastopexia ou lifting da mama é uma cirurgia feita para levantar os seios, dando forma e consistência. Em geral, este procedimento é buscado por mulheres que apresentam caimento e flacidez em decorrência do envelhecimento, amamentação ou oscilações de peso.
Nesta cirurgia, o cirurgião eleva a mama, removendo o excesso de pele e comprimindo o tecido. Ela pode ser realizada com a inclusão de próteses mamárias ou somente com retalhos locais, de acordo com cada caso.


Saiba mais sobre a cirurgia de mastopexia.

 

- Cirurgia para reconstrução dos seios


A cirurgia para reconstrução da mama é realizada para alterar a forma, o tamanho e a aparência da mama e é feita principalmente após a remoção de parte da mama devido a existência de câncer. É possível, também, fazer a reconstrução apenas do mamilo ou da aréola, quando esta é grande ou assimétrica.

#ParaSaberMais

As próteses podem ser introduzidas por três tipos de incisões: (1) incisão no sulco mamário, ou seja, incisão na região inferior da mama de cerca de 4 cm; (2) incisão periareolar, na parte inferior da aureola; ou (3) incisão axilar.

Além disso, o deslocamento para colocação da prótese mamária pode ser num plano subglandular (embaixo da glândula mamaria); subfacial (embaixo da face que cobre o músculo peitoral); e submuscular ou subpeitoral.

Leia também: Tipos e indicações de próteses mamárias 

 

 
Agende sua avaliação na Clínica de Cirurgia Plástica Leila Righi em Curitiba!

Agende sua avaliação na Clínica de Cirurgia Plástica Leila Righi em Curitiba! A Clínica de Cirurgia Plástica Dra. Leila Righi oferece serviços nas áreas de cirurgia plástica, estética corporal, facial e fisioterapia. Aqui, cada paciente é tratado de forma individualizada e com toda atenção da equipe.